JOPZ E RUBI NO CUME DO MARUMBI 2003

OLAZ POVO DA MONTANHA.... mais um findi com muita chuva em CWB... operação montanha cancelada dinovo... então pra não perder o ESPÍRITO MONTANHISTA, segue um relato da segunda subida ao ao MARUMBI direto do TUNEL DO TEMPO 2003, relatório exumado do cemitério MATRIXNET. Que descanse em paz...  
-----------------------------------------------------------------------------

EQUIPE MATRIX MONTANHA
SUBIDA MARUMBI
20 de setembro 2003

Como o Haiduke num respondeu dizendo sim ou não, o Beto (Curitibikes e comparsa do VAMPIROS DA TRILHA) foi para o Itapiroca com o pessoal de geografia, e o Fernando (outro comparsa de pedal) está se recuperando do acidente onde tomou 10 pontos na perna (atropelado!) sobraram: JOPS, RUBI e J.R.

Saída CWB de trem 08:00h
Chegada Marumbi 10:00h
Início da subida: 10:04h
Cume: 12:59h
Tempo de subida: 02:55h
Tempo de descida: 02:53h
Chegada CWB 21:30 (BUSÃO)


O plano original era ficar acampando, mas na sexta a noite mudamos e fomos apenas para bate-volta porque segundo o Beto havia previsão de tempestade para domingo.

Apos 3 anos e 1/2 da minha primeira subida (vide relatório na seção eventos da matrixnet, gostei de reler) agradeço ao Binder por ter me apresentando ao mundo do montanhismo e foi onde conhecemos o solitário escalador Haiduke. Dessa vez encontramos outra alma solitária, um guria chamada Kristine que chegou sozinha ao cume (igual aconteceu com o Haiduke), sangue bom (igual ao Haiduke), almoçou uma cenoura que tirou da mochila e descascou na hora. Desceu um pouco com a gente (igual ao Haiduke) e depois partiu correndo pra pegar o trem (igual ao Haiduke). Tô pra dizer que é alma gêmea dele, vamos ver o que o futuro nos reserva (se ela passa o email para o nosso site he he he).

Optei por fazer um ritmo regular e com poucas paradas. Pra ter uma idéia, paramos apenas 4X na subida (sendo que a última hora fomos direto e sem paradas) e apenas 1X na descida. Funcionou porque assim ninguém travou na hora de descer e ainda sobrou fôlego para os muito kilômetros até porto de cima.

No cume a caixa de registro estava vazia. Deixamos um caderno novo com mensagens da matrixmontanha e link para o site. Deixamos um mapa da região e um informativo do marumbi.

Visibilidade muito boa, fiz as pazes com o Marumbi que durante minha subida de batismo só me ofereceu obstáculos, chuva, frio, lama e ZERO visibilidade. Agora voltarei logo logo para fazer a noroeste. Mas que é um paredão isso é, PUTZ QUE PAREDE ! O que eu achei legal foi a vida silvestre muito mais intensa, mais pássaros, mais borboletas, mais formigas...
Foto by RBLQ

Achei que estava super tranquilo, pouca gente, pouco movimento, ZERO LIXO, também chamou a atenção a presença feminina:

A guria solitária que chegou ao cume
Duas que estavam quase chegando ao cume
outras duas que dificilmente chegariam ao cume, uma delas legítima COCOTA com roupinha de ir ao shopping

Os que ainda não conheciam gostaram e também prometem voltar então agora é só esperar um novo fds ensolarado.

NOTA ESPECIAL: na primeira subida houve um incidente memorável com o trem parado em Eng. Lange (vide relatório no site). Dessa vez aconteceu de novo... Saimos da estação marumbi e antes de chegar em Eng. Lange tem um trecho de 50m que se faz sobre os trilhos.... Ouvimos um barulho distante e a Rubi disse assim...

Rubi - PARECE QUE O TREM VEM VINDO
Jops - Vem mas tá longe
Rubi - Mas parece tão perto
Jops - (vendo a luz do farol do trem aparecer no mato, na curva, pulando pro mato)- tá longe mas é melhor a gente sair do trilho
RUBI E J.R.- O TREM !!!!!!

he he he foi isso mesmo, um trem de carga chegou de repente e nos pegou bem naquele trechinho, foi só pular pro mato e ver o bicho passar mas que foi em cima do laço isso foi !!!

Na volta, durante a longa caminhada, apareceu um sujeito de Land Rover Defender, placa de Jaraguá do Sul, olhou para nós e falou assim:

- VOCÊS ESTÃO COM CARA DE QUEM QUER UMA CARONA.....
- É CLARO QUE QUEREMOS !

Nos economizou mais de 10km de pernada e nos deixou na rodoviária de morretes ! Um legítimo anjo da guarda em ação, sem ele a gente teria perdido o ônibus (e olha que a gente já tinha perdido o trem que passou 15:30)

Operação tranquilíssima, sem incidentes perigosos (aquele do trem foi mais divertido do que perigoso), um pouco de sede na descida, Rubiane racionando água, troca troca de sandubas na hora do almoço, J.R. apavorando o pessoal do ônibus na volta, farofada na praça da rodoviária de Morretes...

ATÉ A PRÓXIMA

JOPS

p.s. e ficou no ar a velha pergunta... O guia Jops se perdeu ? Puuuuuuuutz, subi na boa, desci na boa, e quando faltavam 20 minutos pra encerrar a descida me perdi duas vezes nas travessias do rio, o que nos custou mais 10 a 15 minutos de tempo mas nada complicado, só falta de atenção como sempre ai ai ai.

Nenhum comentário: