KAMARADAS

JUJU (1999 - 2013)

Ontem foi um dia triste. Um dos raros dias em que não ouvi nenhuma música. Até mesmo o celular já acordou no modo silencioso. Um dia sem música, nosso primeiro dia sem JUJU em nossa companhia, correndo pela casa, pedindo biscrok, coçando as orelhas e, mais do que tudo, tornando tudo mais divertido... 



Juju foi um cãozinho aventureiro. Ela subiu com seu próprio esforço a escarpa direita do Canyon Guartelá. Subiu (dessa vez no colo) a Rota das Cachoeiras em Corupá/SC. Foi com a gente até o cume do Morro da Igreja lá em Urubici/SC. Viu as cataratas do Iguaçu. Passou todos os reveillons na praia. Viu a chegada do novo milênio. No cestinho da bike andou por quase todas as ciclovias de CWB. Passeou de voadeira pela represa do Capivari-Cachoeira. Dormiu dentro da barraca lá nas barrancas do Rio Negro em SC e esquentou as orelhas na beira da fogueira. Animou nossos piqueniques e de quebra chegou a quase 1.000 amigos no ORKUT.




Juju também foi uma sobrevivente. Venceu desde filhote uma série de problemas de saúde. Tomou Gardenal. Teve catarata. Operou a vista. Removeu o útero. Tinha  gastrite crônica. Morreu vencida por um tumor no fígado. O veterinário deu 90 dias para ela. Só pra desmentir viveu mais de 100 depois da noticia... 


Juju foi uma Matrixnética. Uma aventureira. Uma sobrevivente e, além disso, nossa amiga, companheira e motivo de grandes alegrias. Esteja onde estiver, deixa um vazio insuportável que não dá pra preencher com Jack Daniels. Abrir um buraco no chão, colocar seu melhor amigo lá dentro e jogar terra em cima não é fácil. Pior é chegar em casa e encontrar o potinho dela cheio de água. Os brinquedos espalhados pela casa. A mantinha em cima da poltrona. Faltando menos de 01 mês para completar 14 anos, ela se foi e hoje é o segundo dia sem Juju. Tão triste e insuportável quanto o primeiro. 




Obrigado JUJU pelos 14 anos de alegria. 
Os dias tristes vão demorar para passar, 
mas as boas lembranças são para sempre. 

13 comentários:

Rb disse...

Que dor! Só desejo que os dias não sejam longos pra q o tempo cure essa tristeza.

Rb disse...

Só corrigindo, Juju é de 1999.

Anônimo disse...

Díficil!!!! Dói demais!!!! E o pior demora a passar,mas devagar...bemmm devagar passa....meu coração tá apertado tbm.!!! Fiquem bem....bjus....

Margit.

juliana disse...

Essas lembranças e alegrias que ficam no coração não vão embora nunca, sinto muito por vcs.Jo,Muito linda essa homenagem feita com muito amor, de verdade me emocionei.

Mildão disse...

:(

Leandro Tagliari disse...

Putz, notícia triste.
Força amigos!!!

Racca disse...

Muito triste imaginar essa perda... Também tenho dois cachorrinhos, uma de 9 e um de 7 anos, e nem gosto de cogitar essa idéia tamanha a importância deles no nosso dia a dia. Muita força pra vocês e de repente mais pra frente, quem sabe vcs arrumam outro cachorrinho? :)

Fabio Binder disse...

A Juju me fez perder medo de cachorros, até dormiu no meu colo. Que a força esteja com vocês.

Vampira Dea disse...

Força!

Índia disse...

Lamento muito pela perda. Perder um animal tão querido e com todo esse tempo de companhia é um golpe muito duro. Juju agora está no céu dos bichos olhando para nós aqui em baixo. Um abraço.

carneiro disse...

Estou solidário.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Índia disse...

Jopz, quando você vai voltar? Hoje no dia do rock, lembrei de você. Um abraço. Sucesso!